Cooperação Internacional

Rede de Cooperantes

  • Dicas e Notícias

  • fevereiro 2008
    S T Q Q S S D
    « jan   mar »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    2526272829  
  • Entenda os ODM

    Objetivos do Milênio
  • Estatísticas do Blog

    • 10,707 Visitantes

Missão da ABC à Indonésia negocia programa de cooperação trilateral com Timor-Leste

Posted by cooperar em fevereiro 7, 2008

Missão da ABC chefiada pelo Coordenador-Geral de Cooperação Técnica entre Países em Desenvolvimento – CGPD/ABC, Embaixador Edson Monteiro, e composta por representantes da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – EMBRAPA, da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira – CEPLAC, da Universidade Federal do Paraná – UFPR e da ABC, visitou Jacarta, capital da Indonésia, com vistas a negociar projeto, de caráter trilateral, na área de meio ambiente, em benefício do Timor-Leste, bem a prospectar projetos bilaterais de cooperação técnica.

A Missão cumpriu agenda de visitas organizada pelo Ministério das Florestas da Indonésia, incluindo reunião plenária nas dependências desse Ministério, visita de trabalho à Direção Geral de Reabilitação de Terras e Florestas Sociais, em Jacarta, e visitas de campo às seguintes instituições: a) Centro de Educação e Treinamento Florestais, em Bogor; e b) Centro para Conservação, Pesquisa e Desenvolvimento da Floresta e da Natureza, também em Bogor.

Os debates foram coordenados, do lado indonésio, pelo Dr. Sunaryo, Diretor Geral de Reabilitação de Terras e Florestas Sociais do Ministério de Florestas, que se fez acompanhar por representantes de seu Ministério, do Ministério dos Negócios Estrangeiros, e das demais pastas e instituições envolvidas nos temas recursos florestais e agroindústria cacaueira. O Diretor Geral expressou satisfação em receber a delegação do Brasil para tratar de assuntos de tanta relevância para seu país. Apresentou a situação florestal na Indonésia, cuja contribuição para a economia desse país pode ser inferida do fato de que 63 por cento de seu território é coberto por florestas. Também registrou seu interesse em dialogar com o Brasil, reconhecendo a importância e capacidade brasileira nesse tema, no contexto mundial.

O Chefe da Missão brasileira, Embaixador Edson Monteiro, enfatizou que o envio desta delegação a Jacarta se dava no âmbito dos diálogos mantidos, em Nova Iorque, às margens da 62ª Assembléia Geral das Nações Unidas (AGNU), pelos presidentes do Brasil, da Indonésia e do Timor, no sentido de executar um projeto de cooperação Brasil-Indonésia em benefício do Timor- Leste, em reflorestamento, solicitado pelo Presidente Ramos Horta. Nesse sentido, a delegação brasileira e indonésia concordoram em iniciar uma possível cooperação técnica com o Timor Leste, enviando inicialmente missão conjunta àquele país para coleta de informações. Foram indicados para essa atividade o Dr. Tahir Fathoni, Diretor do Centreo de Treinamento e Educação Florestal, e o Senhor Djoko Winamo, Diretor para Reabilitação de Terras Degradadas.

Por solicitação do lado indonésio incluiu-se na agenda de trabalho temas de cooperação bilateral, com vistas a aproveitar a presença da delegação brasileira em Jacarta e tendo presente a visita feita ao Brasil em 2006 por autoridades e técnicos indonésios. A parte indonésia manifestou interesse em receber cooperação brasileira nas seguintes modalidades: a) intercâmbio de especialistas; b) treinamento de curto prazo para guardas-florestais, gerenciamento florestal; c) troca de material genético de cacau; d) gerenciamento de nutrientes integrados da cultura cacaueira; e) controle de doenças do cacau.

O intercâmbio de informações realizado nesta visita à Indonésia demonstrou-se muito positivo, condição prévia para a elaboração de projeto de cooperação trilateral com o Timor-Leste. Verificou-se o excelente nível da equipe técnica da Indonésia e sua grande facilidade de entendimento com a equipe brasileira. O lado indonésio também acolheu a Delegação com perfeita consciência da importância política da iniciativa do Presidente Ramos Horta em solicitar cooperação aos dois países, traduzindo, ademais, o reconhecimento de sua experiência e competência na área florestal.

A missão brasileira segue para o Timor-Leste, onde poderão ser aprofundadas e refinadas com o lado timorense as possíveis contribuições de cada país ao projeto.

Fonte: ABC

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: